terça-feira, 25 de novembro de 2008

Rindo do Passado




A semana passada completamos três meses aqui em BC e consequentemente o fiote três meses de aula.
Como criança sempre nos surpreende, sexta-feira passada, o Nathan quase "matou-nos" de tanto rir. O sapeca começou a encenar os seus primeiros dias de aula quando ele não sabia falar quase nada nem tão pouco entendia o inglês. Segundo ele, a professora fez uma brincadeira para que os alunos pudessem se conhecer melhor. A professora ordenou que formassem dois círculos e dada a orientação eles deveriam rodar e parar em frente ao colega e fazer algumas perguntas do tipo: Qual seu nome? Qual seu brinquedo, cor, esporte, comida favorita? Então, quando alguém parava em frente ao Nathan e começava a fazer perguntas....a única que ele entendia e respondia era "What's your name?" Ele respondia de cabeça baixa e bem baixinho. Para as outras perguntas ele apenas movia os ombros e abaixava a cabeça. Resultado: todos os colegas, percebendo que ele não falava, começaram a ficar agitados e não queriam parar em frente ao Nathan. Passados três meses , ele resolveu contar com direito a encenação e boas risadas. Contou também para os nossos vizinhos. Pena que ele não deixou filmar pra mostrar a vcs.
Nesses três meses podemos testemunhar grandes bençãos relacionadas a vida escolar do Nathan. A saber: recebemos uma reclamação da professora porque ele tava conversando muito nas aulas (acho que pra descontar o tempo que ficou mudo). Quando fomos conversar com ele, o sapeca respondeu; " mãe é pq a professora faz perguntas e os meus colegas demoram muito pra responder, dá tempo de eu ir em casa e voltar, daí eu não aguento e respondo." Segurei firme pra não rir, mas por dentro vibrei, pois era motivo pra comemorar o fato dele tá conseguindo compreender e até conseguir se expressar. Conversei com ele e fiz as devidas orientações sobre respeitar os direitos dos outros.
Outro episódio fantástico é que há duas semanas atrás ele chegou em casa contando que a professora do ESL havia dispensado ele de uma das aulas e que só ía ficar com os alunos que estão aqui há cerca de um ano. Fiquei intrigada com a história e até pensei que ele tivesse aprontado algo. No dia seguinte o Maurício foi levá-lo á escola e procurou a professora. Quando ele começou a falar, a mesma sentou-se e foi dizendo: " Eu dispensei o Nathan da aula de leitura pq ele não precisa mais. Ele está lendo muito bem." Deus seja louvado! Pois, esse ano ele foi alfabetizado duas vezes. De janeiro a junho ele cursou o primeiro ano no Brasil (antiga alfabetização) e em setembro ao chegarmos aqui, como ele fez sete anos em agosto, foi matriculado na grade 2. Confesso que perdi várias noites de sono preocupada com essas mudanças e com o processo de adaptação , mesmo conhecendo o potencial dele.
Agora ele já está tão adaptado que nem preciso mais levar o almoço, ele já leva na lancheira e come junto com os colegas. Também já fez alguns amigos com os quais brinca nos intervalos.
No domingo passado, ouvimos também da professora da Escola Bíblica dominical o quanto o sapeca está indo bem e até já memorizou um versículo em inglês que é Efésios 6:1.
Estou certa de que o Nathan tem muitos desafios pela frente, no entanto, sou muito agradecida a Deus por ter ouvido as nossas orações no que tange a vida escolar do fiote e adaptação a nova cultura. Se tudo correr bem e com a aprovação de Deus, claro, daqui a dois anos poderemos transferí-lo para outra escola pública, com imersão no francês. É uma escola que exige mais do aluno. A maioria das crianças do nosso Grupo Familiar (da igreja), estudam nessa escola e o Nathan tem convivido com elas na igreja e nas reuniões que acontecem nas casas.
Bem, nosso próximo passo é matriculá-lo nos esportes. Ele quer fazer capoeira e basquete. Esse mês ele tá participando na escolas de umas aulas especiais de tenis ao final de dezembro se ele quizer, poderá fazer tenis também. Sobre educação musical e instrumentos, por enquanto ele tem aulas teóricas, rodízio de instrumentos, aprende músicas e um pouco de teatro. Mas quando ele chegar na grade 3 , o professor orientará sobre qual instrumento ele leva jeito e na própria escola vai aprender tocá-lo. ( faz parte do currículo).
Agradeço a todos que tem orado e torcido por ele.
"Para que todos saibam, vejam e entendam que a mão do Senhor é que fez isto." (Bíblia)

Abração, Neuzinha

9 comentários:

Fernando e Silvia disse...

Neuzinha, que maravilha!!! As crianças sempre nos surpreendem. Meu filho está com a mesma idade do seu fiote, e fiquei bem tranquila com o que relatou sobre a segunda alfabetização. Só vejo coisas maravilhosas para a vida de vocês! Um abraço,
Silvia

Lá e Dá disse...

Olá!!
Fico mais tranquila em acompanhar histórias como a sua e ver q. as crianças se adaptam com tanta facilidade.
Minha oração incessante tb. tem sido nesse sentido... q. essa grande mudança em suas vidas seja para benção e crescimento, e não o oposto.
Tenho outra preocupacão: encontrar uma igreja, pois somos membros da Presbiteriana Independente aqui. Qual igreja vc. frequenta? o que achou?
Abraços
Larissa

Lá e Dá disse...

Ah... acabei de descobrir a igreja q. vc. frequenta lendo outros posts...
só queria então ter uma idéia da diferença das igrejas daí p. as nossas...pois qdo. morei em Chicago não consegui me adaptar nas q. visitei... eram orar muito gdes. e individualistas, ora pequenas e frias... muito estranho!
Abraços

patricia disse...

Oi amiga,

Fiquei muito feliz com esta noticia, pelo o sucesso do Nathan,saiba que temos orado por vocês. Realmente as crianças nos surpreende. A Ariella também tem nos surpreendido a cada dia.

Abraços

Estamos com saudades.

Patricia

Lá e Dá disse...

OK... PARECE ATÉ QUE ESTAMOS DOMINANDO OS COMENTÁRIOS AQUI!!! RSRSRS
AQUI É O DARIO... BOM, MAURÍCIO, NÃO SABIA QUE VC ERA DE ICEM!!! QUE COINCIDÊNCIA!!! HAHAAH MAS, É ISSO AÍ, ESPERO PODER CONHECER VCS MELHOR, POIS AINDA SEREMOS VIZINHOS SE DEUS ASSIM PERMITIR!!!
UM GRANDE ABRAÇO PRA VC E SUA FAMÍLIA.
PS- EU LI A CABANA DEPOIS DO SEU POST, ADOREI!!!!! INCRÍVEL COMO O RELACIONAMENTO COM DEUS PODE SER ALGO ASSIM TÃO ÍNTIOMO E TÃO SIMPLES.... OBRIGADO PELA DICA!

Wanngye disse...

Ola!
Descobri seu blog ao cadastrar o meu em outro.kkk
Adorei a historia e o progresso que seu filho fez e esta fazendo na escola.E realmente incrivel a facilidade que as criancas em geral tem de aprender e se adaptar a novas situacoes.
A filha de uma amiga que veio aqui fazer seu pos-doutorado tambem se adaptou rapidamente a escola,a igreja e a comunidade em geral.
Quando Deus esta na frente e tudo mais facil.
Abraco.

Eliane disse...

Oi Neuzinha, adorei os comentários, faço trabalho voluntário com o Paulo, mas é de vez em quando no rotary. Você sabe se essa ong tem representantes aqui em Calgary? Gostei muito da idéia. Parabéns pelo Nathanzinho ( tenho uma amiga que tem um Nathan, muito fôfo como o teu e ela o chama assim)a adaptação dele está muio boa.
grande beijo, Eliane.

Ju e Ivan disse...

Que bom ver que ele está se adaptando bem! Logo ele vai estar dando aula pra vcs! =)

E Maurício, quanto ao emprego do Future Shop, experiência como vendedora propriamente dita eu nunca tive, acho que gostaram da minha experiência com marketing ou da minha graduação em Publicidade e Marketing. O que eu sei que eles levam bastante em consideração tb é aquele questionário enorme que vc preenche online, que cá entre nós é só ter bom senso e responder pensando no bem da loja, e tb o fato de ter trabalhado bastante tempo em um só lugar. A contratação para os temporários de fim de ano deve ir até semana que vem no máximo por aqui...depois só vaga normal mesmo, o que é bem difícil de achar pelo menos aqui em Ottawa.

Precisando de algo é só falar!

Abraços,
Ju

Bráulio Vinícius Ferreira disse...

Olá Minha Gente.

Filho de quem é o Nanan só podia dar nisso aí...Parabéns pelo fiote e que Deus continue a abençoar vocês. Diz pro Nathan que quando for visitá-los levarei minhas gaitas para fazermos um concerto juntos. Por aqui o Pedro pediu uma bateria de presente.

Abraços saudosos.