quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Dentro do Mapa Mundi

Eu sempre gostei de geografia e tinha a maior facilidade pra memorizar o nome das capitais dos países, cidades principais, rios, oceanos, línguas faladas, onde as estações eram bem definidas etc... Contudo, eu nunca imaginei que um dia eu fosse me sentir dentro do mapa. Pois é, chegamos aqui há quatro meses e temos conhecido pessoas de diferentes países e falando línguas as mais diversas. A começar dos nossos anfitriões que um nasceu na Estônia e a outra na Suécia e aos 15 anos ambos imigraram para Austrália e depois pra cá. No meu curso de inglês, a maioria dos meus colegas são Iranianos e falam farsi.

Bem mais onde eu realmente me sinto dentro do mapa é no meu "SMALL GROUP" da igreja, somos um grupo de famílias com filhos e nos reunimos aos sábados para comunhão, estudo bíblico e jantar. O grupo é formado por: Colombianos, Chineses, Filipinos, Suíços, Canadenses e nós Brasileiros. Então, nós ouvimos mandarim, cantonês, espanhol, francês, alemão, inglês e outros dialetos. Também podemos degustar diversos sabores típicos dos países de origem de cada família. Aquilo q outrora fora tão distante pra mim (apenas lia nos livros), hj posso ver e até experimentar.

Sábado passado tivemos nossa confraternização de fim de ano. Começamos as 16h00 com as crianças brincando na neve. Após a farra na neve, fomos para casa de uma das famílias onde tivemos nosso jantar multicultural, show de talentos (a maioria dos membros do grupo, incluindo crianças, tocam instrumento), leitura da bíblia, louvor, trabalhos manuais e história bíblica. Foi uma linda festa e mais uma vez pude constatar que é possível fazer as conexões e vínculos dentro do mapa, mesmo com as diferenças.

Outro detalhe interessante, aqui de dentro do mapa, é sobre as particularidades de cada estação. Em Maio quando estive aqui para conhecer, era primavera e tudo tava mui florido e lindo; quando mudamos em Agosto era verão e aproveitamos um pouco do solzinho. Depois em outubro contemplamos as folhas coloridas e caindo e desde a semana passada a neve começou a cair. Estou percebendo q cada estação tem suas particularidades e q as mesmas nos ensinam muitas coisas. Uma delas é que devemos aproveitar cada oportunidade independente das dificuldades q por ventura possa aparecer e que os desafios nos tornam pessoas mais fortes e nos faz crescer.

Outro detalhe interessante é quando vou fazer compras e posso ler nas etiquetas: banana do Equador, laranja do Chile, manga do Brasil, batata da California, mexerica da China e por aí vai...

A todos vcs que tem nos acompanhado nessa trajetória, oramos para que Jesus esteja derramando em seus corações: ESPERANÇA, AMOR, PAZ E ALEGRIA.

Beijos, Neuzinha

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Neve em North Vancouver!!!

video

E eu que achava que em Vancouver não nevava. Hoje já foi o terceiro dia de neve aqui. Começou na sexta-feira passada. Acordamos e lá estava ela. Mas foi bem pouco. No sábado para o domingo já caiu bem mais. Hoje a previsão era de que poderia cair uma light snow. A única coisa light foi a cor da neve. Nevou o dia todo e de todo tipo.

Mas, segundo o pessoal daqui, esta frente fria está bem forte. A temperatura baixou para um nível não visto nas últimas décadas para esta região. Mas até que -4ºC dá para aguentar bem. Não precisa nem calçar sapato especial. Imagino que na Província vizinha com as temperaturas ficando abaixo dos 20ºC e poucos negativos, este pouquinho de neve e frio seja fichinha.

Mas não podemos reclamar. Por enquanto está divertido.

Um abraço a todos.